::.. CARNAVAL 1998 - G.R.C.B.S. FOLHA VERDE................................
FICHA TÉCNICA
Data:  23/02/1998
Ordem de entrada:  4
Enredo:  Meu Negro Ideal
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  BLOCOS - Espera
Classificação:  2º
Pontuação Total:  57,0
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  não consta
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  não consta
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO

UNIDOS DE VILA MARIA
COMPOSITORES: IVAN/ CELSO

 

VEM BALANÇANDO

ARRASTANDO A MULTIDÃO

NOSSA ALEGRIA É CANTAR MAIS UMA VEZ

VEM BALANÇANDO, ARRASTANDO A MULTIDÃO

MINHA CULTURA EU DESFRUTO COM VOCÊS

 

HOJE

O NEGRO VEM MOSTRAR

O QUE QUE TEM

O QUE QUE HÁ

 

QUAIS SÃO AS BELEZAS

DA UMBANDA E O CANDOMBLÉ

AO SOM DOS ATABAQUES

NO GINGADO DAS MULATAS

O FOLHA VERDE MANDA AQUELE AXÉ

 

EU FUI TRAZIDO DE LÁ

PRA TRABALHAR NO CAFÉ

VIM DE LUANDA, MOÇAMBIQUE E GUINÉ

 

Ó MEU NEGRO IDEAL

CANTO NESSE CARNAVAL

SUA HISTÓRIA E CORAGEM

QUERO MANTER A SUA IMAGEM

DESFRUTAR DA LIBERDADE

QUE OUTROS NEGROS

NÃO TIVERAM NOS PALMARES.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor:

 

"Meu Negro Ideal" quer expressar, tanto para negros quanto para brancos, tudo quanto temos e desfrutamos prazerosamente no dia-a-dia, da cultura a nós revelada, por àqueles que um dia aqui chegaram seqüestrados do seio de sua "mãe negra".

"Meu Negro Ideal" também quer destacar toda a "porção negra" existente dentro de cada um de nós, à medida em que recorremos aos seus cultos religiosos ou nos deleitamos com sua culinária ou ainda, à medida em que nos requebramos delirantemente ao ritmo de suas danças marcadas pelos sons de seus atabaques, tambores, chocalhos, agogôs e toda gama de percussionalidade negra-musical.

"Meu Negro Ideal" vem assim, ainda que muito resumidamente pelas circunstâncias da "nação folha-verdeana", lembrar o homem roubado de seu verdadeiro chão nas terras de Angola, Congo, Guiné, Luanda, Moçambique, Nigéria e Sudão na negra África; da sua triste "viagem" e seu cativeiro aqui vivido nas lavouras de cana e café.

"Meu Negro Ideal", ainda falará da inconformação de uma raça que debaixo da canga que lhes impuseram os brancos, ainda conseguiram força e coragem para idealizar a luta pelo resgate de sua identidade, de sua dignidade, de sua cultura, de seus mitos, crenças, arte e sobretudo, da "liberdade" espelhada na força dos "Malês" ou de "Palmares".

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.B.S. FOLHA VERDE
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados