::.. CARNAVAL 1998 - G.R.E.S. MOCIDADE UNIDA DA MOOCA................................
FICHA TÉCNICA
Data:  23/02/1998
Ordem de entrada:  6
Enredo:  Quem Sabe Faz a Massa
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  2
Classificação:  9º
Pontuação Total:  70,5
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  não consta
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  não consta
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO

UNIDOS DE VILA MARIA
COMPOSITORES: EDSON SORRISO/ WAGNER SANTOS/ MEIA NOITE

 

A MOOCA BALANÇA

E NESSA FESTANÇA

A MOCIDADE

PÕE A MASSA NESTA DANÇA

 

NA CHINA MARCO POLO DEGUSTOU

UMA ESTRANHA IGUARIA E APROVOU

UMA MASSA DIFERENTE, MAS DE GOSTO EXCELENTE

EXTASIADO PELA ITÁLIA DIVULGOU

 

OS ÁRABES, SE DEDICAM A PRODUÇÃO

DESSA MASSA QUE DIZIAM SER SAGRADA

ABENÇOADA E POR ELES CONSUMIDA

FEITA DE TRIGO, O ALIMENTO DESSA VIDA

 

A BATERIA É O MOLHO DESSA MARCAÇÃO

E DESSA MASSA ORIGINOU O MACARRÃO

 

E ASSIM...

O BRASILEIRO ADOTOU A TRADIÇÃO

INCREMENTANDO A MULTIDÃO

NA ACCHIRUPITA, S. GENARO E S. VITO

COM BRINCADEIRA, ALTO ASTRAL E COMILANÇA

E NO DOMINGO É MANIA NACIONAL

 

A NOSSA ESCOLA VEM AI

E VEM FAZENDO UMA FESTANÇA DESSA DANÇA

(VEM, VEM, VEM, VEM)

EU QUERO BEBEMORAR, ME ACABAR E FESTEJAR

COM A MOCIDADE BALANÇANDO A ESPERANÇA.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autores: José Carlos e Geraldo

 

PROPOSTA

O macarrão invade o Carnaval de São Paulo e a nossa Mocidade Unida da Mooca faz uma viagem das origens até o tradicional almoço de domingo. Chinês ou Italiano, vamos incrementar o desfile com a participação da massa ao molho dos nossos componentes. Assim: cante, dance e sinta o tempero do samba, ao som do surdo e dos tamborins.

DESENVOLVIMENTO

Por volta do ano de 1284, o explorador veneziano Marco Pólo, chegava à China. Na cidade de Fanfur experimentou uma estranha comida, não evitando a exclamação:

- "Magiari di pasta assai e buoni" (excelentes pratos de massa)

O macarrão é de origem chinesa e não italiana como muitos imaginam. Mais tarde, árabes se empenharam na produção desta massa, pois diziam ser sagrada, já que era feita de triticum - o trigo - alimento da vida. Marco Pólo extasiado pela delícia, tratou de divulgar a massa pelo seu país, a bela Itália, que aceitou-a plenamente incluindo no seu cardápio. Com a chegada do tomate (legume até então desconhecido pelos europeus, proveniente do Peru, um cozinheiro napolitano colocou na panela, pela primeira vez, as partes rubras deste legume e inventou o molho mais famoso do universo; inaugurou-se então uma parceria indestrutível, tão majestosa que, por causa dela, ainda há quem acredite ser Nápoles a inventora do macarrão.

Curiosamente, no século passado, inventaram o garfo de quatro pontas (anteriormente com três), justamente pela dificuldade de enrolar os fios do macarrão num apetrecho de apenas três pontas.

Como diz o enredo - Quem sabe faz a massa - e a massa italiana acabou em pizza, que nasceu das sobras das misturas não utilizadas para a fabricação dos fios, as quais eram achatadas em forma de discos, cobertas e temperadas. Além da pizza, hoje a macarronada é conhecida no mundo todo, quando famílias italianas do planeta comemoram seus lautos banquetes ao som da alegre tarantella, um dança tão alegre, que dizem aguçar mais o paladar deste povo, aliás, as festas italianas são constantes em terras paulistanas:  Festa de São Vito, São Genaro, Nossa Senhora da Achiropita, entre outras, com muitas bandeirinhas coloridas, danças, e é claro... muita massa! Também é tradição em nossa capital a presença de cantinas nos bairros da Bela Vista, Brás e Mooca, não faltando o bom vinho italiano.

A Itália não inventou, mas com certeza criou uma infinidade de massas como o canelone, spagueth, rigatone, talharine, nhoque, calzone, raviole e muitas outras de deixar com água na boca. É assim que qualquer brasileiro faz do almoço de domingo, um dia especial: basta colocar a mão na massa e tudo se transforma em alegria. E a nossa Mocidade deixa o recado:

Mangia che ti fá bene

(coma que te fará bem!)

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.E.S. MOCIDADE UNIDA DA MOOCA
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados