::.. CARNAVAL 1998 - G.R.C.E.S.M.A. SAI DA FRENTE................................
FICHA TÉCNICA
Data:  22/02/1998
Ordem de entrada:  3
Enredo:  Baile de Mascaras
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  3 - Oeste
Classificação:  2º
Pontuação Total:  96,5
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  não consta
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  não consta
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO

UNIDOS DE VILA MARIA
COMPOSITORES: LUIZ CARLOS FILHO/ ANÍSIO MELLO JÚNIOR

 

VEM DO VELHO CONTINENTE

A NOVIDADE QUE CONTAGIOU A GENTE

TRAZENDO UM COLORIDO DIFERENTE

AO CONFETE E SERPENTINA

QUEM DIRIA

BELAS DAMAS MASCARADAS DESFILAVAM NO SALÃO

AS BRUXAS ENCANTAVAM

OS MARINHEIROS COM MUITA SEDUÇÃO

DE LÁ PRA CÁ O MUNDO SE MODERNIZOU

E O PIRATA ATRAVESSOU OS MARES

E O ÍNDIO ENCONTROU

NA AVENIDA FELIZ COM SUA FANTASIA

 

EU TÔ QUE TÔ, EU VOU QUE VOU

FICO MALUCO QUANDO ENTRO NA FOLIA

 

SOU O SHEIK DAS MIL E UMA NOITES

MAGO MERLIM NAS BRUMAS DE AVALON

DE BRANCO E PRATA SAI DA FRENTE DÁ O TOM.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autores: Valtinho e Maria Luiza

 

Evoluindo do tradicional Baile de Gala que no Carnaval, os teatros se transformam em salão, a "Sai da Frente" apresenta na Passarela do Samba uma opereta musicada, denominada: "Baile de Maskaras".

Num tempo distante, nascia os grandes "Bailes de Maskaras", com o qual espalhou-se a novidade do confete e serpentina.

Pelos salões, damas desfilavam lindas máscaras, confeccionadas nos mais altos relevos, com a imaginação solta na criatividade, fantasias de bruxas eram usadas e faziam lembrar, julgamentos eclesiásticos, ocorridos com pessoas que praticavam rezas e cura, as quais eram condenadas a morrerem em grandes fogueiras.

Os marinheiros das caravelas responsáveis pelo transporte de grandes tesouros reais, de uma corte à outra através dos mares, enfrentando grandes tempestades, piratas que navegavam rumo a outros continentes, saqueando e pilhando com crueldade, sob o símbolo da Bandeira Negra.

O tempo passou, se modernizou, trazendo contigo, chiques personagens do Oriente, com suas riquezas, que viviam em grandes conflitos em meio ao seu povo. O Mago, pessoa mística com seus sentidos apurados nas questões astrais que favorecem suas magias. Índios, grandes caçadores, donos dos mais altos segredos da natureza e, ao mesmo tempo seu maior defensor.

Baianas lindas e esmeraldas, dominando a arte dos mais deliciosos quitutes, irradiando o que tem de mais belo em suas maneiras, trazendo para o grande baile, muita euforia.

Vem da corte a novidade

Quem diria! Quem diria!

O Carnaval traz no seu bojo, o sorriso da mulata, o gingado do crioulo, o balanço da baiana, o molejo da passista, num contagiante sacudido de todas as formas para todas as idade e alegria do povo. Homens, mulheres, crianças e idosos de todas as raças, multiplicados ou não, fazem destes movimentos como uma onda no mar:

Vai pra lá, Vai pra alí, Samba aqui

Vai pra cá, Vai pra acolá, Samba acolá

É um jogo de movimentos, que embalados pelo ritmo mirabolante da bateria, a massa humana distribuídas em alas, cada qual com suas cintilantes e esfuziantes fantasias, representando seus personagens, mascarados ou não.

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.E.S.M.A. SAI DA FRENTE
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados