::.. CARNAVAL 1998 - S.C. MORRO DA CASA VERDE................................
FICHA TÉCNICA
Data:  não consta
Ordem de entrada:  não consta
Enredo:  De Louco, No Morro, Todo Mundo Tem um Pouco
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  1
Classificação:  8º
Pontuação Total:  263,5
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  Laurinete Nazaré da Silva (Dona Guga)
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  não consta
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO

ÁGUIA DE OURO
COMPOSITOR: WAGNER SANTOS

 

SERÁ? A INSANIDADE UM DEFEITO?

VIRTUDE, OUSADIA OU DIREITO?

SOMENTE DEUS RESPONDERÁ

NESTE UNIVERSO DE ILUSÃO

AS FANTASIAS VÃO ALÉM DA IMAGINAÇÃO

SOU... UMA NAÇÃO EM PRIMAZIA

QUE IDOLATRA A OUSADIA

DO HERÓI NAS PISTAS DE VELOCIDADE

VI NA HISTÓRIA, MUITAS GUERRAS, REBELDIA

GENTE ARREDIA...

FORA DOS PADRÕES DA SOCIEDADE

 

ENLOUQUECER ESTA CIDADE (EU VOU, EU VOU)

EM NOME DO AMOR OU DA VAIDADE

SOU A LUZ DA CRIAÇÃO, SOU O GRITO DESSA MASSA

SOU A TORCIDA ENLOUQUECIDA PELA TAÇA

 

LOUCURAS QUE ULTRAPASSAM A RAZÃO

TAJ MAHAL, REVERENCIA A PAIXÃO

SE AMADEUS HARMONIZOU A SUA TRILHA

SÃO AS BAIANAS A OITAVA MARAVILHA

VEJO A GANÂNCIA DESVAIRADA DO PODER

SELVA DE PEDRA QUE NOS FAZ ENLOUQUECER

INVENTOS CIENTISTAS GENIAIS

SERÁ LOUCURA A EMOÇÃO DOS CARNAVAIS

 

QUEM É MALUCO OU NÃO, NA MULTIDÃO?

RESPONDA O MEU CORAÇÃO, AO POVÃO

PORQUE DE APAIXONADO E DE LOUCO

AQUI NO MORRO TODO MUNDO TEM UM POUCO.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor:

 

INTRODUÇÃO

Segundo o filósofo grego Pitágoras, "o homem é a medida de todas as coisas", para ele, cada pessoa é o próprio juiz e pode agir de forma que achar certo ou lhe agradar.

O que é certo? O que é erra? O que é a virtude?

A esta abordagem chamamos de ética, e pensando nela, questionamos, qual é a verdade da sanidade? O que é ser são? O que é ser louco? A esta questão, verdadeiramente, somente Deus responderá!

LOUCURA DAS MASSAS

O postulado fundamental da sociologia, formulado por Marx, Weber e Durkhein, é que seres humanos agem não por suas própria livres decisões, tomadas de modo absolutamente racional, nem de modo simplesmente instintivo (como entre os animais), mas sob influência de sua história e cultura, e das expectativas e demandas de outros com quem convivem. Se observarmos a postura das pessoas, pelas ruas, vamos encontrar vários tipos exóticos, fruto do próprio meio. Se os seres humanos são, assim, ao mesmo tempo, criadores e criaturas de suas sociedades, quem é o louco na multidão?

Quando em seu comportamento as pessoas são consideradas fora dos padrões da sociedade, são chamados de rebeldes. Afinal, o que é loucura para uns, para outros parece normal. Já acontecerem pelo mundo, vários movimentos de rebeldia. Os motoqueiros, os hippies, os panks, os carecas, os cabeludos..., esses grupos considerados radicais, são loucos ou normais?

Desde o início dos tempos, aconteceram inúmeras guerras, em conseqüência delas morreram outro número incalculável de pessoas. Talvez esta seja a maior insanidade do homem, mas apesar disso, muitas pessoas passaram para a história em razão de seus atos heróicos em combate ou por suas habilidades estratégicas, como é o caso de Napoleão Bonaparte, além disso é inegável afirmar que a medicina conheceu um grande avanço a partir da segunda grande guerra mundial. O que leva o ser humano a guerrear?

Quando indivíduos em meio a uma multidão cessam de se comportar segundo seu padrão pessoal e se rendem aos impulsos ou ao pode da massa, damos o nome de psicologia de massa. Os comportamentos coletivos podem ser observados como herança de nosso passado tribal. Uma torcida de futebol dá demonstração de posse territorial através de seus estandartes simbólicos e cantos de guerra. Esta é a loucura de uma torcida pelo time!

LOUCURA DAS ARTES

Taj Mahal - Considerado o mais importante dos monumentos da arte mogol, o Taj Mahal reuniu com graça e refinamento as influências da arquitetura islâmica, persa e indiana. Construído no período de 1630 à 1648 como um mausoléu para Mumtaz Mahal, a esposa favorita de Sahah Jahan, está entre as obras-primas da arquitetura mundial. Essa é a maior loucura em nome do amor!

Nero (a.C. 37-68 d.C.) imperador romano que via a si mesmo com um artista, cantor, atleta, ator. A ele é atribuída a autoria do incêndio de Roma, em 64 d.C., na esperança de reconstruí-la com esplendor. As ruínas remanescentes de sua "Casa Dourada", um maciço edifício com um estátua dele mesmo como o Deu Sol, além de magníficas moedas, demonstram que ele possuía um alto padrão estético. Em nome da vaidade, louco ou não?

O comportamento que ajuda a reunir sexos opostos da mesma espécie na hora e no lugar certo, e em posição adequada para um acasalamento perfeito é chamado de corte. Sons, flagrância, toques e exibições podem ser usadas para este fim. O aparato, a ave do paraíso e o "peru", transformam-se num grande espetáculo visual proporcionado pelo macho para atrair o sexo oposto *ou não). Esta loucura é em nome da reprodução! (ou não!)

Mozart (Johann Crysostom) Wolfgang Amadeus (1756-91), compositor austríaco cuja música é uma das mais apreciadas e respeitadas entre os compositores. Filho de uma violinista, foi o maior prodígio da história da música. Compunha e tocava aos cinco anos de idade minuetos, por volta dos nove, sinfonias, aos 15 já tinha compilado mais de uma centena de obras substanciais. As óperas de Mozart são consideradas, com justiça, como as melhores de todos os tempos. Uma loucura em nome da arte da música!

Sete Maravilhas do Mundo - Expressão clássica que agrupa as mais impressionantes obras humanas do mundo antigo. São elas: as Pirâmides do Egito, os Jardins Suspensos da Babilônia, os Jardins em Terraços, atribuídos a Nabucodonosor II, a Estátua de Zeus em Olimpia, uma peça de marfim feita por Fídias em 430 a.C., o Templo de Artemis em Efeso, o Mausoléu de Halicarnasso, o Colosso de Rodes, o Farol de Alexandria. Sete loucuras em nome da arte!

LOUCURA URBANA

Fritz Lang (1890-1976) - Cineasta austríaco que criou em 1927 Metrópoles, uma visão sombria de uma cidade desumanizada no futuro. Embora sendo uma obra de ficção, o estrondoso desenvolvimento dos núcleos urbanos que formam as grandes cidades, nos deixa bem perto dessa realidade. Ou será que esta realidade já não está acontecendo?

Desde cedo na trajetória do homem através da história, verificou-se a aplicação de tecnologias e conhecimentos a fim de se deslocar, pelas diversas regiões, pessoas e bens. Por volta de 3500 a.C., os antigos suméricos desenvolveram carros deslizantes que eram puxados por animais de tração. Já em 1770, o engenheiro francês Nicolas Cugnot construiu um carro de três rodas a vapor. Com advento dos motores de combustão interna, os automóveis conheceram um meteórico desenvolvimento tecnológico, que os transformou no meio de transporte mais difundido do mundo. Com este fato nós temos nas grandes cidades, maximizando os impactos representados pela poluição, pelo congestionamento e pelos acidentes de trânsito. É uma loucura sobre rodas!

Ayrton Senna da Silva (1960-94). Automobilista brasileiro nascido em São Paulo, corredor vitorioso desde os primórdios de sua carreira. Numa trajetória marcada pela inteligência, arrojo e competitividade, tornou-se o ídolo maior do esporte brasileiro. Sua morte comoveu e ainda comove o país. É a loucura de uma nação pelo ídolo.

LOUCURAS DOS HOMENS

As crianças com sua simplicidade e pureza no coração, são os loucos mais lúcidos criados por Deus, pois confundem realidade com fantasias. Vivem em um eterno mundo de imaginação. A verdade entendida pela criança está muito além de nossa compreensão. A todo momento são super-heróis ou personagens imaginários vivendo em castelos criados por seus fabulosos sonhos. Quando em nossas vidas precisamos nos iluminar com um pouco de felicidade, procuramos dentro de nós a criança adormecida, para que ela, torne o nosso dia a dia um pouco mais feliz. Isto é loucura ou sanidade?

Invenções - As mentes maravilhosas de algumas pessoas, tornou o mundo um lugar mais prático de se viver. Não sabemos as verdadeiras razões que levam o homem a inventar coisas, mas as invenções levaram o mundo ao estágio que se encontra nos dias atuais. O fato é que a cada momento existe alguém inventando alguma coisa. São loucas essas mentes criativas?

Clones - Em geral a produção de dois ou mais organismos geneticamente idênticos. Os clones são normalmente encontrados na natureza nos organismos de apenas uma célula, em alguns invertebrados como os corais e algumas plantas de reprodução assexual. Também são produzidos artificialmente através da engenharia genética clones de animais. A loucura da ciência, o homem quer se equiparar a Deus.

Carnaval - (derivado do italiano carne levare, suspender, pôr de lado a carne), período festivo que antecede a quaresma, os festejos se dão entre a Epifania (6 de janeiro) e a terça-feira gorda (último dia antes da Quaresma) e consistem em desfiles ou cortejos, bailes de máscara e apresentações teatrais ou semelhantes, realizados em locais públicos, geralmente com grande liberdade de comportamento. Os festejos carnavalescos incluem elementos culturais locais e sincréticos: como em Veneza (Itália), Nova Orleans (EUA), Trinidad e Tobago, e a maior expressão que é sem dúvida o desfile das escolas de samba, considerado atualmente o maior espetáculo coreógrafo do mundo. Um espetáculo que movimenta desde a sua organização até o desfile principal, o ano inteiro e um número incalculável de pessoas.

Esta é a loucura do sambista - Pra tudo se acabar na quarta-feira.

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE S.C. MORRO DA CASA VERDE
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados