::.. CARNAVAL 1998 - G.R.C.E.S. UNIÃO SANTA CRUZ................................
FICHA TÉCNICA
Data:  22/02/1998
Ordem de entrada:  7
Enredo:  Recife Capital do Frevo, "Te Amo, Te Amo Recife"
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  3 - Sul
Classificação:  3º
Pontuação Total:  81,5
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  não consta
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  não consta
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO

UNIDOS DE VILA MARIA
COMPOSITORES: WILSON PASSARINHO/ EDSON FERREIRA/ JL VASCO

 

NAVEGUEI

POR ÁGUAS NUNCA NAVEGADAS

APORTEI

É GALO, É MULHER DA MADRUGADA

TE AMO, TE AMO RECIFE

DO FREVO E DO MARACATU

UNIÃO DA SANTA CRUZ

ARREBENTANDO NO ZIRIGUIDUM

 

OLHA LÁ O MANGAIEIRO

OLHE O POVO HOSPITALEIRO

OUÇA O SAMBA SINCOPADO

TÁ NO LARGO DO MERCADO

 

ORIXÁS

EM TODOS TENHO MINHA FÉ

O BABÁ ÊLUAÊ

SALVE O NOSSO CANDOMBLÉ

CAIS DO PORTO

PROJETO SÓBRIO E FUTURISTA

ÉS RECIFOLIA

ALEGRIA DO TURISTA

 

BUMBA MEU BOI

TUPINAMBÁ

A VENEZA BRASILEIRA

VAI AGORA DESFILAR.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor: Edson Ferreira Santos

 

Recife, a Veneza Brasileira, uma ilha, que no passado o único acesso era pelo mar, consequentemente de navio, povos de diferentes culturas aportavam por lá, os negros por exemplo, trazendo o Candomblé, um culto aos Orixás (divindade africanas que andavam descalços), e outros costumes.

Com o passar dos anos a coisa foi mudando, as culturas se misturando, e toda esta fusão transformou-se em cultura local. A cidade foi crescendo e junto sua cultura e seu carnaval. A grande quantidade de agremiações carnavalescas como "O Galo da Madrugada" (conhecido mundialmente), "As Virgens de Olinda", "Clube das Pás", o "Homem da Meia Noite" e a "Mulher da Madrugada", figuras conhecidas de Olinda, representados por bonecos enormes, e outras, levaram Recife a ser chamada de Capital do Frevo, dança típica do carnaval nordestino, com uma sombrinha na mão devido ao extremo calor do norte do Brasil. O Candomblé cai na folia através do folclórico Maracatu, onde antigamente os negros escravos convidavam seus senhores, representados pelo rei e rainha, a conhecerem sua crença, um guarda-sol multicolorido completa o visual e segundo a crença rodava-se para espantar os maus espíritos. O carnaval se une ao folclore de diversas formas, como o Bumba-meu-boi, extraído de uma lenda, nordestina, de um boi enfeitado multicolorido que aparecia como visões, uma tribo de índios Tupinambás (que também andavam descalços) e assim segue-se neste misto de folclore e carnaval.

Tratando-se de nossa Veneza-Brasileira, não poderíamos deixar de citar os costumes e os pontos turísticos tais como: o Cais do Porto, o Mercado Municipal de São José, um grande ponto de negociação, onde pode-se encontrar os Mangaieiros (vendedores de mangaios, conhecidos em outras localidades como vendedores ambulantes ou camelôs) e alguns grupos de samba de rosa e samba sincopado, que atraem a atenção dos turistas.

O que mais dizer a respeito dessa cidade com um povo tão hospitaleiro, onde o carnaval faz parte da vida de todos o ano inteiro, basta alguma data especial e a Recifolia está nas ruas.

São tantas as belezas dessa terra tão rica, que não há mais o que se dizer, não estamos lá, então resta-nos apenas viajar neste enredo!

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.E.S. UNIÃO SANTA CRUZ
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados