::.. CARNAVAL 1998 - G.R.C.C.C. CAMISA 12................................
FICHA TÉCNICA
Data:  23/02/1998
Ordem de entrada:  8
Enredo:  Sem Medo de Ser Feliz
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  BLOCOS - Especial
Classificação:  3º
Pontuação Total:  176,0
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  não consta
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  não consta
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO

CARNAVAL 1998 TEMA
COMPOSITORES:

 

Sem medo de ser feliz

Preto e branco na avenida

Sou CAMISA 12 amor

Arrebenta minha bateria

Liberdade

Era só isso que eu queria

Igualdade, fazer

Fazer valer o nosso dia-dia

Como o Conselheiro lutou

No mesmo sonho agora eu vou

Vou de Che-Guevara

Contra a opressão

É que eu sou do povo eu sou TIMÃO

Olha eu não me canso de gritar

Quero terra pra minha gente plantar

Quero salário justo, educação

E ter direito a saúde que é bom

A justiça tarda e sempre falha

Qual o corte cego da navalha

Eu quero ver minha bandeira tremular

Porque o show tem que continuar.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor: Cláudio Faria Romero

 

Desde o início da existência, o homem procura o bem-estar, ser feliz!

A luta social, do povo, sempre visou conseguir o melhor para a sua família e comunidade. Em certas ocasiões isto gerou grandes movimentos contestatórios, grandes revoluções, onde grupos ou mesmo, povos inteiros se levantaram para exigir maior participação.

Temos dois bons exemplos que servem para observarmos e refletirmos sobre a finalidade de uma sociedade. A Revolta de Canudos, liderada por Antônio Conselheiro, no Brasil no final do século passado, buscava um sociedade mais igualitária. E na segunda metade do século XX os movimentos de libertação da América Latina, sobretudo contra os Governos das Elites, liderados por Che Guevara.

O problema social continua existindo no mundo todo no final dos anos 2000 e a luta popular também. Em um país continente como o Brasil, latifúndios são contestados por milhões de sem-terras. A moradia é "perseguida" por grande parte de nossa população, nossos operários vivem "solicitando" um salário mais digno. Some-se a isso tudo, a luta pelo emprego, melhores hospitais, melhor educação e temos o cenário típico do Terceiro Mundo.

Até no esporte a elite acabou com a alegria das arquibancadas, proibindo camisas, bandeiras e instrumentos, transformando nossos estádios em locais vazios, sem vibração, sem festa.

A Camisa 12 acredita que as grandes conquistas, individuais ou coletivas, só serão conseguidas com muita perseverança. O ideal de uma sociedade mais justa, da divisão das riquezas e igualdade de oportunidade deve ser alcançado e tem que ser conquistado, pois todos fazemos parte da mesma humanidade, onde poucos tem o poder e a maioria é discriminada. Com coragem e determinação, sem medo de ser feliz!

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.C.C. CAMISA 12
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados