::.. CARNAVAL 1998 - G.R.E.S. COLORADO DO BRÁS................................
FICHA TÉCNICA
Data:  não consta
Ordem de entrada:  não consta
Enredo:  Pirapora Pirou
Carnavalesco:  não consta
Grupo:  1
Classificação:  6º
Pontuação Total:  272,0
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  não consta
Presidente:  não consta
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  não consta
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO

ÁGUIA DE OURO
COMPOSITORES: PAULINHO NAGÔ/ CARLINHOS/ TON CANIDÉ/ ADRIANO F. COR

 

BOM JESUS VEM NOS ILUMINAR

A COLORADO VAI PASSAR

CANTANDO PIRAPORA PIROU

E A BATERIA SWINGOU

 

PULA PEIXE, PEIXE PULA

É DESOVA, É PIRACEMA

QUERO VER QUEM TE SEGURA

 

RECONSTITUIR, REPOVOAR E PRESERVAR

A FAUNA E FLORA DESSA TERRA

ÍNDIOS OS NATIVOS DERAM ORIGEM A REGIÃO

VEM OS ROMEIROS PRO REISADO

CAMINHANDO LADO A LADO EM ETERNA DEVOÇÃO

 

NO BARRACÃO TEM BATUQUE

DE TERNO BRANCO EU VOU

CANTANDO VERSOS NA BATIDA DO TAMBOR

 

OS BANDEIRANTES VINDO EM BUSCA DE MINÉRIO

ENVOLVIDOS NUM MISTÉRIO, ESPERANÇA DE ENCONTRAR

OURO, PEDRAS PRECIOSAS, VALORES QUE FAZEM SONHAR

DESPERTEM PRA REALIDADE

OS ESGOTOS DAS CIDADES INVADINDO O TIETÊ

MORRENDO AOS POUCOS COM CERTEZA

SOU FILHO DA NATUREZA IMPLORANDO MEU VIVER

 

SE EU NADEI, PESQUEI, REMEI, EU TE BEBIA

E HOJE EM DIA O QUE EU VEJO

SÃO DETRITOS EM VOCÊ

PEÇAM AOS NOSSOS GOVERNANTES

QUE NUM ATO BEM MARCANTE

FIQUEM PIRADOS PRA DAR VIDA PRA VOCÊ.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor:

 

INTRODUÇÃO

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Colorado do Brás apresenta no seu enredo para o Carnaval 1998 "Pirapora Pirou".

A cidade de Bom Jesus de Pirapora, localizada em São Paulo, conhecida por suas festas religiosas, seus tapetes decorados nas ruas por onde seguem os romeiros com sua fé inabalável. Mostra também as origens da cidade com suas belezas naturais, seu povo nativo e também o desastre em que se transformou o rio que deu origem a uma cidade.

Mas aproveitando este momento para mostrar que o sonho de todos nós é de que este mesmo rio que hoje é famoso por suas espumas, resultado de muita poluição volte a ser um rio limpo e cheiroso, como um jardim.

SINOPSE

O G.R.E.S. Colorado do Brás, no Carnaval de 1998, vem para o Pólo Cultural do Anhembi, homenagear e contar a trajetória de uma cidade que através de suas riquezas naturais, culturais, religiosas e artísticas, exerce um grande fascínio sobre todos que a conhecem.

Localizada à 54 km de distância do município de São Paulo, na região oeste da Grande São Paulo, fazendo divisa com Cabreúva, Jundiaí, Cajamar, Santana do Parnaíba e São Roque.

Na Serra do Ivoturuna, que significa "Montanha Negra", com seus mananciais e nascentes, surge deslizando suavemente em seu leito, ladeado por margens tortuosas o "Tietê", antigo Anhembi, Rio dos Bandeirantes. Uma cachoeira vem interromper a sua caminhada tranqüila. Neste salto, que mais tarde seria conhecido como Pirapora, pois ali os peixes na época da desova, tentavam pular para cima da cachoeira na qual os nativos e moradores da região os apanhavam em cestos, com muita facilidade.

O Rio Tietê é o fator de maior importância na fundação de Pirapora do Bom Jesus, além do salto existente que deu origem ao nome Pirapora, que em Tupi Guarani quer dizer: Pirapora = Peixe que Pula, e mais tarde Bom Jesus, pois em suas águas foi encontrada a imagem do Bom Jesus, que deu origem a uma série de milagres, que ao se espalhar pela região iniciaram as famosas romarias.

As festas religiosas passaram a ser de grande importância para o turismo da cidade. Na passagem da procissão de Corpus Christi, as ruas são enfeitadas e cobertas por tapetes com desenhos religiosos, e feitos dos mais diversos materiais.

Durante os dias de festas na cidade reúnem-se romeiros de vários pontos e regiões do Brasil para participarem das comemorações. Foi durante estes encontros de romeiros que nasceu em Pirapora, o autêntico samba paulista, também chamado de samba de roda ou samba de bumbo.

Os negros e peregrinos que era proibidos de entrar e pernoitar nas Igrejas reuniam-se nos barracões, para dançar e cantar demonstrando de alguma maneira festas e tradições africanas. Tais formas de expressão influenciaram grandes nomes do samba paulista como Adoniram Barbosa, Geraldo Filme e outros.

O Rio Tietê, sempre esteve envolvido por histórias, estórias, mistérios e lendas. Atraídos pela fama de haver grandes reservas minerais e jazidas de ouro e pedras preciosas, sempre foi alvo de arrojados Bandeirantes, entre eles o Capitão Fernão Paes de Barros.

Suas barulhentas cachoeiras e quedas d'águas, são importantes fatores na produção de Energia Elétrica. Porém com um desordenado progresso, criação de fábricas sem um controle por parte dos nossos governantes, detritos, esgotos e lixo, tornaram o Tietê um depósito de lixo. Toda poluição de São Paulo e região vai desembocar na barragem de Pirapora de Bom Jesus o qual da origem a um manto de espuma branca, que durante o inverno avança pelas ruas da cidade, atraindo muitos urubus nas margens do rio.

E a Colorado do Brás vem para a Passarela do Samba, lembrando que é preciso devolver a "vida" ao Rio Tietê, respeitando e conservando a natureza. Na esperança de ver o rio como o "Sonho de um novo Tietê", com peixes, limpo, cheiroso como um jardim.

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.E.S. COLORADO DO BRÁS
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados