::.. CARNAVAL 1998 - G.R.C.E.S. X-9 PAULISTANA................................
FICHA TÉCNICA
Data:  21/02/1998
Ordem de entrada:  1
Enredo:  Sonhos de um Cowboy Brasileiro
Carnavalesco:  Augusto de Oliveira
Grupo:  Especial
Classificação:  9º
Pontuação Total:  271,5
Nº de Componentes:  não consta
Nº de Alegorias :  ,
Nº de Alas :  28
Presidente:  Laurentino Borges Marques
Diretor de Carnaval:  não consta
Diretoria de Harmonia:  não consta
Mestre de Bateria:  não consta
Intérprete:  Royce do Cavaco
Coreógrafo da Comissão de Frente:  não consta
Rainha de Bateria:  não consta
Mestre-Sala:  não consta
Porta-bandeira:  não consta
SAMBA-DE-ENREDO
VERSÃO ESTÚDIO

X

COMPOSITOR: JAMES PONTES “O FEDERAL”  

 

Arrebenta, é hora de sacudir

Que a "X-9" vem aí

Tão fogosa e irreverente

Vou, que vou... estou contente

De cowboy no Anhembi

 

Cavalheiros cheios de encantos

Fizeram crianças sonhar (ê! SOnhAr)

Cavalgando em suas selas

Eram os mocinhos da tela, com seus alazões

E hoje peões com orgulho, chapéu na cabeça, e laço nas mãos

O seu sonho que é realidade

Já é tradição nesse país

 

Galopa, sacode, levanta a poeira do chão

Que eu vou nesse embalo

Trotando no seu coração

Eu quero é sentir sua alegria

Nesse rodeio de amor e fantasia

 

Barretos! Ê! Barretão!

Segura o touro, isso é "fervo de pião"

O berrante entoa... "duro de boi" não "toma pialo à toa"

Ê! Ê! Mundo genial cresceu, cresceu internacional

Agigantou e se espalhou

Que empreendimentos! Que divertimentos!

Tem Beto Carrero, cowboy brasileiro

Num show de grande emoção.

 

SINOPSE DO ENREDO
O Grêmio Recreativo
Autor: Augusto de Oliveira

 

INTRODUÇÃO

Não é por acaso que o nosso tema para o Carnaval de 1998, tratará de um movimento que nos dias atuais representa clima de festa e aventura. O estilo Country, movimenta negócios de vultoso valor financeiro, gerando lucros para seus investidores, o Country não é apenas a modinha passageira, ele movimenta produtos como rodeios, shows, discos e acessórios, que através do tempo vem dando sua contribuição para a economia do país.

A origem é antiga, o Country chegou ao Brasil dos Estados Unidos através das películas dos famosos: John Wayne, Roy Rogers, Zorro e outros dos filmes.

Muitas crianças e jovens da época sonharam com aquelas aventuras, outros se envolviam com o ritmo e musicalidade, o certo é que alguns desses jovens se tornaram grandes empresários do Country dos nossos dias. O grande exemplo de seu estilo é Beto Carrero, paulista de São José do Rio Preto, o idealizador e proprietário do maior Parque Temático do Brasil.

É com o espírito de aventureiro e com o coração em festa que a X-9 Paulistana aposta no sucesso e na vitória desse tema.

O MOVIMENTO COUNTRY

De origem antiga, o country chegou ao Brasil dos Estados Unidos através dos colonizadores europeus.

A palavra tem origem latina (Roma século XII à XIV) chegando à França da Idade Média (Contrêe que significa contrário da cidade ou seja referente ao campo) no século XV o termo já havia se difundido pela Inglaterra sendo que só no século XVI chegou aos Estados Unidos levado pelos colonizadores ingleses e franceses que na bagagem, além do termo, levaram a música e o ritmo que aos poucos se confundia com a lei mais forte reinante no oeste americano passando a ser difundido para o resto do mundo como a música dos cowboys através das películas dos famosos John Wayne, Roy Rogers, Durango Kid, Zorro, Bonanza e outros tantos heróis.

Os jovens da época sonharam com o mundo mágico das aventuras, outros se envolviam com ritmo e a musicalidade que os transportava para o ar bucólico do campo.  Era preciso tornar real estes sonhos, e alguns destes jovens sonhadores tornaram-se grandes empresários dos dias atuais, pois apostaram que o country não seria apenas a modinha passageira, mas que esse estilo abriria um leque de opções para vários segmentos como rodeios, shows, discos, acessórios fazendo girar faturas altíssimas.

Beto Carrero surge como a figura de um mágico, de um gênio que torna o sonho realidade. Este paulista de São José do Rio Preto, autor e proprietário do maior Parque Temático do Brasil, cria um mundo fantástico e vai muito além do Oeste americano buscando histórias e aventuras desde a idade média, revivendo as aventuras entre índios e colonizadores, vivendo a vida tão sonhada de seus heróis.

CHAPÉU É A INDUMENTÁRIA Nº1 DO CAWBOY

O chapéu é a indumentária nº1 do Cowboy, só sai da cabeça quando reverencia Nossa Senhora Aparecida, padroeira dos peões.

O primeiro chapéu western, o "Stetson", nasceu em 1860, e até hoje faz um enorme sucesso. O nome foi dado por seu idealizador que durante uma de suas viagens para o Oeste viu a necessidade de desenvolver estilos de chapéus próprios para uso naquela região. Stetson desenvolveu, um modelo que possuía uma aba larga de um "topo ou coroa" alta para capturar o ar sobre a cabeça, o primeiro chapéu foi chamado de "chefe do simples", sendo vendido vários deles nos mercados do Oeste.

 influência do chapéu cresceu em grande escala, fazendo surgir vários outros fabricantes. O western selvagem trouxe os modelos maiores, que mais tarde foram usados por Hollywood em muitos rodeios.

Mas foi nos anos 20 até os 40 esses chapéus foram popularmente absorvidos pelos filmes e rodeios.

Os cowboys de hoje ou mesmo de outras épocas sempre foram orgulhosos de seus chapéus ao ponto de comprarem sempre mais caro, ou o que seu dinheiro permite.

BARRETOS

Barretos é uma cidade localizada no interior do Estado de São Paulo, fundada por desbravadores dos Sertões que chegaram na região por volta de 1830. Porém em 1945 duas famílias pioneiras, "os Barretos e os Marques", instituíram o povoado delimitando uma área comum às fazendas e que doada à Igreja, recebeu o nome de "Patrimônio do Espírito Santo".

Patrimônio cresceu, virou "Vila de Barretos" e posteriormente "Vilia Barretos". Até tornar-se o município de Barretos definitivamente.

Como a região era propícia para criação de gado, a cidade passou a ser destino final de tropas de peões de boiadeiro que vinham de várias partes do país trazendo gados até o Frigorífico Anglo S/A que se instala no município no ano de 1913.

Em 1950 nascia a festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, a primeira do gênero no país. De lá para cá cresceu a cada ano e hoje é um evento de proporções internacionais.

Cidade festeira, Barretos ainda guarda muitos traços de sua cultura caipira, sertaneja e interiorana.

Na cidade ainda sobrevive culturas tradicionais como Folia de Santos Reis. Grupos Folclóricos. Moda de Viola, etc.

Porém a Festa do Peão de Boiadeiro é o maior cartão de visita da cidade. Esta festa que iniciou-se em 1956 organizada pelo clube "Os Independentes". Foi um grande sucesso que não parou de crescer, tendo nos Rodeios a marca registrada da festa, que passou atrair turistas de todas as partes do Brasil e até do exterior.

Em 1985 o Clube Os Independentes, após a construção do "Parque do Peão", inaugurou o Estádio de Rodeios com capacidade para 35 mil pessoas.

Barretos tem hoje a maior Festa de Peão do mundo, com menção até no Guiness Book.

ALGUNS DADOS SOBRE BETO CARRERO

João Batista Sérgio Murad é um mega-empresário, brasileiro de São José do Rio Preto-SP, que cresceu numa fazenda, onde o seu pai era empregado. Ali aprendeu a montar quase antes de andar, e junto aos outros dez irmãos auxiliava na lida com o gado. Nas horas de folga, admirava nas matinês dos cinemas locais, ídolos como John Wayne, Roy Rogers, Zorro, etc.

Aos vinte anos, Sérgio Murad decidiu deixar o interior e tomar o caminho daquela que seria sua primeira profissão: a publicidade começou vendendo anúncios para rádio e jornal, até criar sua própria agência. Criou o Cowboy Beto Carrero, sonho de infância, montou a primeira caravana (composta apenas por um caminhão e um trailer) e levou o show baseado nos velhos filmes de faroeste pelo Brasil afora. No espetáculo, Beto Carrero mostrava habilidade com o chicote e dividia o palco com o cavalo Faísca, primeiro de seus colaboradores.

Antes da fama de cowboy se espalhar pela maioria dos Estados, já existia outro sonho: construir um Parque Temático. Ele passou a percorrer, muitas vezes acompanhado do amigo Renato Aragão, os grandes Parques Temáticos do mundo, colhendo subsídios para o grande sonho.

Em final de noventa e um, o grande sonhador apostou na construção de seu maior sonho, e erguei no Balneário da Penha, em Santa Catarina, numa área de quatorze milhões de metros quadrados o seu Parque Encantado.

Com suas praias maravilhosas, o município da Penha complementa o cenário desse que é o quinto maior centro de entretenimento e lazer do mundo, o maior da América Latina.

 

FANTASIAS


No h contedo para este opo.



MAIS INFORMAÇÕES SOBRE G.R.C.E.S. X-9 PAULISTANA
HISTÓRIA | CARNAVAIS | HINO | CURIOSIDADES

 


:: SASP - SOCIEDADE DOS AMANTES DO SAMBA PAULISTA ::
WWW.CARNAVALPAULISTANO.COM.BR
SASP - UMA ENTIDADE COM DIFERENCIAL !!

Copyright ©2000-2016 | Todos os Direitos Reservados